MDMA, se você apenas não pode ajudar ...

mdma

A menina morreu nestes dias, infelizmente não é algo novo quando se trata de êxtase. Estatisticamente, é raro, mas sob certas condições, a substância pode ser fatal. Não ser capaz de evitar que as pessoas continuam a levá-la a única coisa a fazer é reduzir o dano. Eu acho que é melhor para colocar as pessoas antes que a verdade ao invés de esconder, a estratégia sem informar os meios de comunicação que demonizar combinados com um cenário de uso generalizado são um grande problema para a minha geração. Eu vou para o ambiente dos clubes há vários anos e eu decidi pegar neste pequeno artigo algumas dicas óbvias / erros comuns para não fazer uma noite agradável no inferno.

Quando é absolutamente devem ser evitados?

Se você é hipertenso ou tem família em pessoas com esta doença MDMA evitada como a peste, a probabilidade de que uma veia estourar na sua cabeça é alta. O mesmo vale para doenças relacionadas direta ou indiretamente para o músculo cardíaco, a molécula em questão salienta todo o sistema. Se você estiver tomando antidepressivos ou ter sido tratado por problemas mentais no passado eu não recomendo nos mais fortes termos. Se você tiver úlceras e / ou outros problemas de estômago. O MDMA não deve ser tomado com medicamentos.

O que há de errado com absolutamente misturados?

Primeiro de tudo, com álcool (não, todo mundo faz isso um galo e você sabe a resposta). Surgem a partir da cabeça dos outros estimulantes do sistema nervoso central, tais como a cocaína torna-se devastador quando ela está associada com metanfetamina como MDMA, a cetamina para o mesmo discurso que acentua todos os efeitos adversos da sua substância.

Como devo tomar?

O que é em forma de comprimido ou em pó não é importante assumetela, somente com / em água natural.

Ensaios

No que diz respeito às almofadas que não existem as dosagens precisas, a concentração do ingrediente activo pode também muda muito entre um tipo de comprimido e outra (de modo observe o que colocados na boca, por favor). Leve mais de um é louco de qualquer maneira, ainda pior é misturar diferentes tipos de comprimidos, não faça isso SEMPRE. Se pó não é que eu sugiro que você fique dentro do g 0,3 (não todos de uma vez, deixar de ir pelo menos uma hora ).

Durante a noite ...

Durante a noite você absolutamente tem que monitorar duas coisas: o seu nível de hidratação eo número de batidas. O MDMA é traiçoeiro, porque uma substância não sentir o cansaço, então você está cansado, mas continuou a dançar, enquanto o seu coração grita para parar. Muitas vezes, você deve verificar o pulso, apenas dois dedos na jugular mesmo aviso para uma possível taquicardia, nesse caso, pare imediatamente e descanse. A segunda recomendação diz respeito, como mencionado acima, o nível de hidratação, dançando três horas vai perder cerca de um quilograma (de água) e água natural em plena explosão, eu recomendo sem álcool novamente. Um efeito colateral de MDMA é bruxismo (movimentos involuntários da mandíbula), Stand de cuidado se você não quer acordar no dia seguinte com uma meia-mordidos lábios, tomar junto um pacote de chicletes. Para cada hora de dançar, pelo menos, 10 minutos de descanso sentado.

Eu alucinante que eu faço?

Com o mdma é normal, a pior coisa que você pode fazer é começar a ficar com medo, na verdade, ver que as alucinações são simplesmente as coisas que você está pensando, se você ficar com medo sua mente irá mostrar-lhe o pior do que tem na memória, para acalmar primeiro. Alucinações ocorrer quando o material atinge o seu máximo no sangue, nunca dura mais do que algumas horas.

No dia seguinte ...

O cérebro mdma cria problemas consideráveis ​​em relação à entrada em sono REM (sono), então se você não consegue dormir, não se preocupe, vai ficar melhor na parte da tarde. Dificilmente você com fome (outro efeito colateral) em qualquer caso, só comem alimentos muito leves, o seu estômago se você notou-o em pedaços.

Quantas vezes eu posso usá-lo?

Tudo depende do que você quer fazer com sua vida. O MDMA, "queima" neurônios, cada entrada irá perder milhões (ok você tem milhares de milhões, mas não para desafiar a matemática) e seu cérebro será sempre mais lento, o dispositivo mnemônico vai sofrer muito e vai ser muito difícil de se lembrar de coisas, também mais mundano. Se você tratá-lo com frequência (várias vezes por mês), após um ano você vai começar a ter problemas para acompanhar uma conversa simples. O cérebro não voltar a crescer.

Parece óbvio que este artigo não incitar o uso de codesta substância (ou melhor, tenta desencorajar a sua própria). Quão perigoso é apenas a segunda a cocaína mdma, ficar longe é a melhor escolha.

Bookmark and Share

Comentários: [ Trackback | RSS 2.0 ]

  • duhangst escreve:

    Esperamos que você ouve em muitos ..

  • Vincent escreve:

    Belo artigo, você deve informar o máximo possível!

  • BECA escreve:

    post útil, apesar de eu não fazer uso de drogas em geral ..

    "vemos" depois das férias .. ciaociao

  • Alex escreve:

    Eu encorajo todos os viciados : D você já ouviu falar de idoser? É um programa que reproduz sons em freqüências baixas. Os arquivos geralmente duram cerca de uma hora e terminar de ouvir, você terá o mesmo efeito de antidepressivos, álcool, drogas ou qualquer outra coisa. Com a vantagem que você só ouviu o áudio. Mais informações aqui .

    • ketuso escreve:

      Não fale bobagens, o i-doser é apenas uma grande merda feito para conseguir dinheiro para se drogar sem drogas ......... ki quer é um pacote total ........... 50 minutos de x ruído irritante reproduzir os efeitos de uma "cana-de- grama? porque k é, em seguida, a dor de cabeça ....... lassate perde

  • Metileno escreve:

    Olá, ótima idéia deste blog (é sempre bom estar plenamente informado).
    Eu admito a ser parcialmente depender, mas pelo menos antes de eu estudei a substância activa, cristalização, efeitos mental / física, o termo collaterli curto e longo prazo. É pr pelo menos no que diz respeito ao recrutamento, perpetuamente manter minha atenção nos parâmetros físicos e quem está comigo.
    Eu acho que todos devem ter (já que você quer que o md assuemere) para, pelo menos, o direito sobre tudo o que pode acontecer ou que certamente irá acontecer. E são blogs como este que ensinam aqueles que podem não ter tido a minha abordagem mesma, aprender a tê-lo.

    Permitam-me acrescentar (por experiência) uma pequena nota sobre alucinações:
    O fato .. condicionado devido ao medo de tudo. o mesmo não é propriamente uma parte dos efeitos de methanfetamine.
    A alucinação devido a anfetaminas é uma queda drástica nos valores de ácido 5-hidroxitriptamina e 5-hidroxi-resultante da redução directa da actividade de triptofanoidrossilasi.
    Portanto, ao contrário alucinações do ácido lisérgico - 25 (LSD Hoffman), os de MDMA são na sua maioria "tilt" os transmissores e têm carga de sua razionalemente transpor o que você vê.
    A sugestão então, mais de medo, se você não quer ver nada de estranho (CE MESMO QUE NÃO É O QUE MAIS BONITA XD XD) feche seus olhos, e ver um bom filme .. o diretor acha que sua cabeça : D

    • amsenior escreve:

      A última parte é a que eu mais gostei xD

    • Ivan escreveu:

      Muito bom .. era sobre quem escreveu o blog .. mas você completá-lo com perfeição .. eu deveria ler todos aqueles que continuam a ter a massa .. e everyway nos últimos anos estão a comer mais do lixo que põem em anos atrás eram muito melhores ..

  • veneno escreve:

    Embora o idoser é visto como um simples arquivo de áudio a danos cerebrais m uito mais drogas.
    e no entanto sou da opinião de que ninguém pode falar de uma coisa se o primeiro nn lhai feito .. antes de eu jogar a minha primeira pasta nn realmente sabia exatamente o que eu estava explicando uma reunião que eu tinha feito era tão pequena, mas com as palavras Ninguém pode explicar o que sente ke .. Eu gosto de ir duro e sballarmi .. xo julgamento obviamente me leva .. Não XKE im estúpido usar drogas .. Só porque eu digo no geral, eu acho que muitas pessoas usam drogas ke ki nn e uma pessoa inteligente ... mas como Jim Morrison disse: ". VOCÊ NÃO PODE DIZER QUE você tenha vivido antes Tentou NN SI é o que é proibido" PAZ!
    SE VOCÊ TENTAR ENTENDER A DIFERENÇA
    (PS: Eu NCE MDMA XKE XL SÓ ea dependência de drogas KE NOS difícil gastar dinheiro e assumir que é só no fim de semana e será uma explosão o OPOSTO de COCAÍNA FOLGA TI KE E VIVER PARA FUMAR OU HEROÍNA suaviza TI KE KE TI MATA ...)

    • Alisa escreve:

      você é burro e só como você escreve, como todos aqueles que, como você, o abuso de K ea total falta de pontuação. Você é como todos os outros magnatas, e mesmo se você se tornou, você será livre quando ainda accorgerti linha oltrepasserai. Eu puto pessoas como você, larvas.

      • Átila escreve:

        Olá! Eu comecei a usar drogas quando ho17anni, bastões, em seguida, o primeiro de todos, os amigos ofereceram-me qualquer coisa que eu queria experimentar todo o md .. k é que eu fiz busto + d, c, então eu dei dentro cn coca e eu comecei a ter ataques de pânico e sn .. agora ho38anni ficou paranóico, bem eu tenho uma febre quando o Tylenol me assusta! Costumo sair para dançar, adoro eletrônica, mas eu nn + k e bebida .. Eu paranóia d doente! Eu acho que há xtutto 1ETA, pelos jovens é direito de tentar novas experiências, Ninguém tem medo de nada e c sente-se imortal, então você está recebendo mais velhos muitas bolas mentais! caras se divertir e desfrutar de ke a vida corre rápido e, em seguida, é cheio de d quebrado .. porra óbvio, nn esegerate!

        • Costello escreve:

          "Eu nn + k e bebida .."
          Esta frase denota o quanto você ainda não entendeu nada sobre substâncias psicoativas, apesar de suas escolhas questionáveis. Por que é questionável? Você está tão "desenhada" que você tem medo de tomar paracetamol, em doses normalmente prescritas se isso resolve os sintomas já são um milagre.
          Ah, só para ficar claro e não cair em dúvida alguém iria ler: I expressa a mesma opinião se eu disse que beber bebidas energéticas ou estimular seus amados receptores adrenérgicos por free-climbing, para mim ele fala da mesma coisa. Eu não me importo de ficar para dar uma razão, qualquer cérebro que funcione bem pode facilmente deduzir sozinho. Eu odeio desinformação, e é patético ter que aprender que, hoje, por todos os meios à nossa disposição é essa ignorância galopante. E para não deixar muito fora do tema para acrescentar que eu não sei quantas vezes eu tentei dizer aos meus amigos (ou mesmo conhecidos que eu conhecia os hábitos) que o MDMA Absolutamente não estar associados álcool. Você acha que eu ouvi? Talvez sim, mas continuar a colocar os cristais em copos cheios de vodka e substitutos de cafeína e taurina. Como meu pai sempre me disse: "Todo mundo tem o que merece."

          PS: blog Grande, sinceros parabéns ao autor. Admiro muito esse tipo de coisa.

      • Costello escreve:

        Muito respeito por você! Realmente.

  • Alter-ego escreveu:

    o i-doser é uma porcaria, não afeta o cérebro e não causa sensações

  • Fabrizio diz:

    Eu acho essa história muito interessante, você tem sido clara em explicar os efeitos, perigos, soluções a serem tomadas. Vou seguir o seu conselho ao pé da letra uma Fabrizio saudação

  • tsunami escreveu:

    Direito sobre tudo ... alguns anos de doces para mim que tenho feito, e que sofrem de epilepsia, e "foi um suicídio real! Drogas antiepilépticas e se misturam idiota massas, que eu era! Minha síndrome e "piorou significativamente, e meu cérebro atingiu a acusato grande.
    Agora eu parei, felizmente em tempo, ou quase. É verdade, os doces são uma grande jornada, e se eu pode-se dizer assim ... caiu no lugar certo na hora certa e, possivelmente, abrir uma bela e raves psicodélicas com as pessoas certas, amigos verdadeiros que em caso de precisam cuidar de você.
    sconvolgetevi se você quiser, mas lembre-se que a vida não termina aos 20 anos, você tem tanto tempo na frente de você, porque ele passa com pouco cérebro frito?? dói demais drogas eu lhe garanto.
    Olá e boa noite a todos!

  • Michael escreve:

    Olá a todos, eu tentei em 2007, pela primeira vez o êxtase. A cada dia que passa, para que efeito da felicidade ... é cada vez mais crescido a ser as fases de mania (muito auto-estima, muitas idéias, muita felicidade) e foi hospitalizado 15 dias (Tratamento Médico Cirúrgica), porque eu poderia tornar-se um perigo para mim e que me cercam.

    Chegamos agora, estamos em 2009, quase em 2010, tem sido mais de dois anos a partir daqueles dias ruins, mas foi bom no sentido de que o primeiro desses estágios levar à mania ou gasto nesses momentos muito bem, nunca sensações sentidas direito ' horas. Meu problema agora é o seguinte:

    Eu tenho um desejo louco de experimentar ecstasy (MDMA), mas eu tenho um pouco de medo com a situação descrita acima, o que devo fazer? Eu realmente tenho que evitar? Eu não estou procurando a felicidade, pois mesmo com a droga não é obtido, mas eu quero tentar essas sensações indescritíveis, eu quero "viajar" por essas horas ... Este artigo diz que "... ou você tem sido tratado por problemas mentais no passado Não vou recomendar nos termos mais fortes. "Eu sei, talvez depois que eu fiz de errado, no entanto, acreditam que o desejo é grande e após os erros que eu fiz eu tenho certeza que vou saber lidar melhor com a situação, como devo fazer? Ajude-me? Eu realmente tenho que abandonar essa idéia? É uma idéia idiota?

    Obrigado a quem responder.

    • sander escreveu:

      Ouça ... Eu acho que a 'curiosidade é um bicho feio que, eventualmente, você não pode controle realmente e, embora seja verdade que o MD, você pode gerenciar e usá-lo mais quando você gosta ou se sente bem para você também é verdade que muita diversão é o risco é usá-lo com mais freqüência do que você pensa "direito" .... soooo muitas vezes após o MD (não o tempo 1, mas pelo menos 5 vezes) como o dia começa a assumir que você sabe un'interesse muito pouco e até mesmo pessoas que você conhece perder de espessura, nn nn dizer que você quer mais amor a seus amigos ou pais, que a única realidade "é" esvaziado "e é muito emocionante por um tempo, o trabalho que você faz é talvez um bom trabalho, mas ele bate onde nn você compara a noite / dia, passou com o MD, em seguida, torna-se mais do que óbvio para continuar a usá-lo ..... eu faço um monte de passeios e gosto de olhar para o céu a ouvir Subsonica MP3 ouvindo alguns dias me encontro rindo como um idiota (feliz mas bobo) algumas noites pensando agora é uma boa conversa pouco com MD é que nn eu lhe asseguro que tudo está de volta nn bonita e interessante, mas nunca acreditamos que eles sejam mais inteligente forte ou MD "outro" sabe como levá-lo e mantê-lo entretido 's única coisa é que para existir ", ele" tem as suas noites de conhecê-lo e dizer-lhe o bom é hoje à noite eu não beber e rir cmq tennens 2 .... em todos os casos, bon voyage .... meio qualnque .......

  • Dr. Francesco Greenhouse escreve:

    É verdade que o MDMA "queimar os neurônios".
    MDMA reduz as reservas de serotonina, que é por isso que o uso freqüente leva a uma redução efectiva da capacidade intelectual e um declínio no humor (não deixar o nível de serotonina de volta ao normal, que só pode ser usar em 40-90 dias), mas não na, pelo menos neurotóxico.

  • Dr. Francesco Greenhouse escreve:

    Nota: nenhum desejo de ser polêmico, apenas consistência. Para além das erros, o artigo é excelente e definitivamente útil tendo em vista a evitar o abuso.

  • salvador escreveu:

    prejudica a todos! Eu queria pedir conselhos, porque 3 anos atrás eu tive uma grande coisa sobre all'extasy, vamos dizer que tive uma lesão ruim, eu estava quase em ibiza por 2 dias consecutivos e, em seguida, fiz uso de coca sem dormir mesmo uma hora de 48 horas sem sono, um sono reparador sozinho, mas eu não levei comletamente, pippare começou sexta-feira e terminou sábado à noite, sem dormir, então eu fui para uma noite com Danny estava jogando espaço tong e naquela noite mudou tudo e eu x! Levei 7 massas não era a primeira vez que eu era de fato um dipentente tóxicos do ecstasy, eles eram chamados de super-mortal Vitton foram gravadas, eu me lembro o zumbido que eu tenho quando o cérebro começou
    ter tipo paranóico, eu não acho que eu dormi por 2 dias e toda a noite era uma idéia fixa que pensei, quando eu deixei o disco foi direto para o hotel com a obsessão que eu queria dormir, mas eu estava todo estranho no cérebro estava fumando, eu Eu me lembro que eu sentei na cama 6 de 7 horas e até conseguiu dormir, eu estava apavorada XKE era tudo elétrico e a coisa mais feia que eu não tinha nem dormir, x era louco! cmq para terminar o dia depois de eu voei e voltei para a Itália, mesmo sem sono! e chegou a 5 dias sem dormir quando cheguei em casa! Eu raciocinei eu não tinha mais cérebro haviam sido eliminados quase mil tinha enlouquecido! Eu imediatamente se virou para minha mãe e eu expliquei o problema da minha mãe me levou a um neurologista e um neurologista me deu algumas pílulas, antidepressivos, e eu tive que fazer é cuidar x começar a dormir um pouco, eu tive este tratamento x por semana, então o XKE não quebrou, eu concordei em tomar drogas x cérebro, e que o problema foi a pior, eu me tranquei nos meses de casa x comendo mais e tomar vitaminas e fortificantes e comer medicação comer depois de 4 meses comecei a sentir um pouco melhor, então eu finalmente estar de volta eu mesmo, nunca cmq esquecer essa história e era a coisa mais feia na minha vida, eu era x XKE perder coisa mais linda que Deus nos deu! o (cérebro saudável!), então o passar do tempo eu toquei cocaína novamente sem ir mais longe com as drogas! apenas ocasionalmente cocaína! mas às vezes eu fico um desejo de colocar-me e fazer-me um partido que só me faz sentir mal eu estou com medo x XKE eo que aconteceu comigo! Temo que, se você me pegar um comprimido e depois mais tarde eu seria o pensamento obsessivo que a maioria não dorme! então eu tenho medo de levá-la! embora eu não diria que .. eu nunca mais colocar-me na minha vida?

  • White escreve:

    Oi,
    Eu só queria acrescentar que muitas das pessoas que usam drogas leves ou pesadas que são, sabem o que vão contra e na maioria dos casos, não filhas que eu poderia me importar menos .. Eu entrei nesse mundo de curiosidade e eu tentei fazê-lo de uma forma mais "inteligente" quanto possível, porque se é verdade que se deve tentar julgar também é verdade que a vida não só dado um passe perto e eu não acho que é a melhor decelebrato !
    Eu conheci pessoas que só queriam se divertir através do uso de drogas, mas já vi muitas pessoas que usaram drogas para destruir a si mesma .. Eu me senti a tentação de fazê-lo, para retirar completamente da vida e suas dificuldades .. apenas o meu desejo de alcançar um objetivo na vida sempre me salvou ... mas infelizmente nem todos sabem para onde ir .. e para isso eu já vi alguns dos meus amigos morreram, outros não têm muito a dizer porque eles não podem fazer um discurso completo, mesmo com eles ..
    Há anos que eu não uso drogas porque eu já escolheram o caminho da responsabilidade e não pode se dar ao luxo de não ser meu próprio mestre!
    Se eu olhar para trás, mas posso garantir-vos com toda a sinceridade que as drogas não acrescentam nada à vida e realmente sinto falta se você poderia evitar esta viagem seria melhor .. porque além de não acrescentar nada ... para que eu possa removê-la completamente! Aqueles que fizeram verdadeiramente especial aqueles momentos eram as pessoas com quem compartilhei aqueles momentos de "destruição"!
    Boa vida para todos!
    PS
    mas que ainda acredita que o i-doser??

  • "Dr. sucção" Alberto Manzi escreve:

    Dr. Francesco Serra, me desculpe, mas devo contradizê-lo .... sono stati rilevati da un decennio di studi clinici, danni agli assoni serotoninergici dovuti non tanto alla diminuzione dei livelli del neurotrasmettitore in se, quanto piuttosto a stress ossidativo prodotto da alterazioni nei normali metabolismi.

    Lei dice giustamente che la MDMA riduce significativamente i livelli di serotonina fino a 40-90 giorni dall'assunzione (la sostanza inibisce sia la triptofanoidrossilasi, enzima che permette la produzione del neurotrasmettitore che le proteine di membrana responsabili del suo riassorbimento dagli spazi intersinaptici).
    Ciò è sufficiente a spiegare gli effetti negativi sull'umore, la lucidità e la memoria nei periodi immediatamente successivi all'uso… ma non i pesanti disagi permanenti, che invece è probabilmente da attribuire alla neurotossicità di molteplici assunzioni temporalmente ravvicinate.

    Come dicevo prima, la più probabile causa di danno agli assoni serotoninergici è lo stress ossidativo indotto dalla MDMA
    Le ipotesi più accreditate sono:
    1) La diminuzione o esaurimento delle scorte energetiche dei neuroni; la MDMA altera le fuzioni mitocondriali riducendo la produzione di ATP e al contempo aumenta l'attivita della glicogeno fosforilasi… la conseguente carenza energetica condurrebbe allo stress ossidativo e al danneggiamento degli assoni.
    2) La prouzione di radicali liberi causato da un incorretto riassorbimento del neurotrasmettitore dopamina; la MDMA causa anche il rilascio di dopamina, che viene successivamente riassorbita e ossidata in modo scorretto dalle proteine che dovrebbero effettuare il reuptake della serotonina. Vengono prodotti in questo modo radicali ossidrile estremamente reattivi e nocivi per i neuroni.

    Queste sono ipotesi, molto probabili ma sempre ipotesi… la cosa certa è che il danno permanente alle cellule c'è… e le tecniche di immunocitochimica lo provano.
    La neurotossicità si sviluppa comunque in seguito ad un uso prolungato e sopratutto frequente… quindi, sia per evitare la deficenza di serotonina e la conseguente depressione, sia per non uccidersi i neuroni ed avere danni permanenti, quei 90 giorni di astinenza fra una dose e la successiva sono ESSENZIALI.

  • Francesca scrive:

    ciao genio della fuga, sono Francesca ci siamo conosciuti in aereo da Milano a Londra….spero ti stia inserendo bene qua.
    sfogliavo il tuo blog, ed è molto carino….mi piace.
    ciao buona continuazione

  • Principiante scrive:

    Ciao inanzitutto trovo bellissima l'iniziativa che hai preso, è una cosa molto responsabile avvisare i giovani che vogliono provare md ad eventuali rischi.
    Volevo chiedere una cosa ma per una persona che la prova per la prima volta bisogna assumerne sempre 0,3g o meno? e la quantità può dipendere anche dal fatto della fisicità?
    Obrigado

  • sergio scrive:

    ma secondo me puoi assumerne tranquillamente anche 0.3 tutto in una volta!!!di solito la gente in cristalli parte le prime volte da mezzo grammo fà due bocce una da 0.2 e la seconda dopo 2 oretta da 0.3 dopo 4 o 3 volte che ha fatto un mezzo grammo dopo cominciano a pigliare un grammo poi se la dosano come vogliono magari fanno una boccia da 0.3 e la seconda da 0.7

  • aspirante psicologa scrive:

    …non mi sono mai interessata nella vita alle droghe..è un mondo che fortunatamente ho sempre “snobbato”…tranne qualche cannetta ma non sono mai andata oltre…c'è stato un periodo nella mia vita che facevo largo uso di alcool ma fortunatamente è passato anche quello…Da futura psicologa ultimamente mi sono interessata di più a questo mondo luccicoso della Droga..mi spaventa il fatto che molte persone giovane e non piu giovani ormai fanno uso di stupefacenti con molta superficialità,..per il semplice fatto che senza non sanno godere e apprezzare le piccole cose della vita..credo che per le persone che si avviano in questo tunnel non ci siano molte speranze,.quello che possiamo fare è salvare le nuove generazioni..Informarle e cercare di tenerle il piu lontano possibile..La vita è un dono mereviglioso perchè sprecarlo così?

    • COSTELLO scrive:

      in quanto tu aspirante psicologa, ti invito a leggerti qualcosa del Dr. Alexander Shulgin a proposito di Psicoterapia, MDMA, Farmacologia, ma anche LSD e tanto altro (come potrei non citare PiHKAL e TiHKAL) . Non so quale sia esattamente il tuo campo stretto di interesse in Psicologia, ma penso che li troverai il materiale in questione estremamente interessante.

  • Complimenti!!

    E' evidente che stai scoraggiando e non fomentando, anche se il “cretino di turno” abbocca sempre.

    Condivido la semplicità del messaggio, tengo centinaia di conferenze l'anno nelle scuole e preferisco usare un messaggio semplice e diretto. Paroloni, acronimi farmaceutici, sigle e formule chimiche non fanno altro che gettare ulteriore confusione su un soggetto moooooooolto confuso come quello della droga.
    Era mio desiderio solo aggiungere, che l'MDMA è il prodotto di un esperimento bellico/farmaceutico fatto nel 1912 in un industria farmaceutica in germania. Viene mascherato come farmaco “curativo” e viene enfatizzata come sostanza socializzate tanto da ritenerla, nel 1978, un farmaco idoneo ad indurre entusiasmo ed a ottimizzare vissuti traumatici. In realtà è un preparato a sintesi chimica e la cosa più naturale non ha proprio nulla. Giustamente come tu introduci il tuo blog: “SE PROPRIO NON PUOI FARNE A MENO”, almeno ora sanno di cosa si stanno ammazzando.

    Complimenti ancora, :-)

  • FRANCO scrive:

    Blog davvero interessante!! 56 anni, mai assunto…nemmeno l'aspirina, se posso la evito…ho avuto le mie difficolta', la vita non è facile, per nessuno..nonostante tutto ho sempre detestato non avere il controllo delle mie azioni. Fuggire dalla realta' in questo modo vi riportera' ad un altra realta'…la PEGGIORE possibile. Vale a pena?

  • andrea escreveu:

    Scusate, ma perchè si parla sempre dei danni neurologici causate dalle sostanze stupefacenti (tenete conto che che in Italia è l'MDMA è entrato nelle tabelle delle sostanze stupefacenti solo nel 1998), e invece non si discute mai sui danni provocati da psicofarmaci come prozac, tavor e cazzate dl genere?….forse nel 98 è scaduto il brevetto dell'MDMA e le case farmaceutiche utilizzano altri principi attivi dei quali nascondono gli effetti collaterali????….e poi…ammazzano i neuroni e cazzate del genere…tutt'ora non si conosce molto riguardo il nostro cervello…si dice che i neuroni non si rigenerano…non ho mai visto un articolo in merito che lo dimostri in maniera lampante….sono d'accordo che l'madma, l'erba, la coca e tutte le droghe facciano male…non sarebbero sostanze tossiche altrimenti…..non ho sicuramente interesse nell'essere favorevoleo contrario alle droghe…che ognuno faccia quello che vuole senza danneggiare gli altri, ma sono stufo di questo propagandismo….è solo politica!

  • Catch Me escreve:

    Eu faço uso de MDMA por 8 anos. Comecei aos 18 anos, agora tenho 26. Não fume, não fume spinels, eu uso algumas mdma (cristais, e não em comprimidos) 1 por semana, geralmente na noite de sábado. Cada gota sábado de 0,3 a 0,5 gramas em uma garrafa de água só para mim. Durante a festa DISIDRATARMI apesar de eu não sentir sede, fazer cocktail surdo aqui e ali, ou tomar uma cerveja.

    Então venha para:

    Há 8 anos eu faço tudo "que eu escrevi acima, não ser paranóico sobre o que você lê na internet ou por ouvir dizer que não", sua resposta para a felicidade "não é o seu modo de vida, mas é um prazer da vida, depois do sexo, na minha opinião o melhor prazer. Eu tenho uma namorada maravilhosa para 3 anos, uma família está tudo bem com um cara que é também e sobretudo na família, não assistir a vídeos no youtube ou ler coisas estúpidas, não há problemas com mdma ... O importante 'para fazer tudo e Quero dizer tudo com HEAD.

    Se você tem problemas de coração, evite ok ... mas mesmo se aveete tinha problemas mentais ou sofrer de ansiedade, mica não morrem, mas particularmente para os tímidos do coração ... eu recomendo que você aprender sobre si mesmo internamente, você sabe o seu limite e os seus medos Tente superar o efeito uma vez que é terminado, transformá-lo em uma fins recreativos e terapêuticos. Acorde, a mídia não giornli dirnano fez estas coisas.

    Concluo:

    Desejo-lhe tudo de melhor no mundo, viva e deixe julgamento, VIVO rimandiamolo após a morte, mais cedo ou mais tarde vem a todos ... hahaha Não criar problemas para um divertimento e seu FODA como .... tudo o resto, e 'CHATO.

    UM ABRAÇO A TODOS OS HOMENS NO CLUBE DA ITÁLIA que dança NA EUROPA E DO MUNDO e os irmãos de Ibiza. :-)

  • GAB escreveu:

    Interessante ... Eu acho que aqueles que usam MDMA tem como seu objetivo é matar o medo ... infelizmente os responsáveis ​​por estas são as gerações de pessoas hipócritas que não pode valorizar a vida dos jovens, que por natureza, têm um impulso original da descoberta de todos os sentimentos que deu! Estou fazendo esporte intensivo, recriar a "sensação" que infusão de drogas, melhorando o desempenho psicomotor! Mente sã em corpo saudável! Quem sabe ... o coppola aldeia?

  • jons escreve:

    Eu não sou um fanático, os freios, mas às vezes precisamos de "fuga da realidade boa", é bom.

  • vigas escreve:

    Eu Calavo antes de 2000, 95-98, também sem exagero, max dois, sem álcool ou outras drogas, fazendo centenas de quilómetros no carro para ir para o disco sem nenhum acidente, calavamo em casa, com música cartões (nem sempre é possível), mas fora das casas noturnas tiveram a oportunidade de experimentá-la de maneira diferente, talvez mais "íntimo (com eles), era bonito, sensações fantásticas, memórias, tudo sempre feito com o conhecimento a tomar drogas e não tocar o fundo, mas este "não é o suficiente para não me puxar em cima da minha vontade": na segunda-feira 'já está pensando' onde na sexta-feira a cair, etc. e este já era "uma condição que eu pesava tanto, havia mais outro", já era 'um vício e nós disse uma taglio.Ho encontrou um substituto no esporte, e foda' bonito, e 'melhor, cada vez que um boquilha e via.Questo dizer que eu acho que a influência do ecstasy em nós e "muito subjetiva, eu sabia que caras que desceram duas ou três vezes a massa mesmo, mas eu não podia ver mais" fora de mim, ou outros com um mezzino voltou seus olhos ... é ir devagar, ou até melhor evitar.

  • Hansiepansie escreve:

    EU AMO MDMA QUE A FODA!

  • Teo escreveu:

    OBRIGADO POR TUDO O QUE é uma pessoa com EXQUISITE deste tipo de negócio COISAS!

  • dario escreveu:

    talvez fosse melhor escolher algo mais como uma mulher para amá-los mais do que você tomar a AIDS

    • Manu2 escreve:

      No máximo você pegar AIDS ... como se a doença foi comparável à asma, muito mais pessoas morreram de Aids que com MDMA .. disse isso é lógico, é melhor amar uma mulher que o MD, mas a última frase me dá stro.zata tanto

  • Gabriele escreveu:

    DROGAS MD MA Mejo CE NUN É!

  • Mariolino escreve:

    Não há uso de drogas em uma inteligente como você X CAPAZ Eles convenceram DESTE ...

    ESCLUDETELO!

  • aa escreveu:

    O estudo mais amplo da substância, realizado entre 2010 e 2011 pela equipe do prof. Halpern, da Universidade Harvard e publicado na revista Addiction revelou que o uso de MDMA não causa danos ao cérebro

  • BOMBER escreve:

    Eu li alguns POST E foram realmente impressionado com QUANTA Estupidez "permeia as mentes de algumas pessoas .....
    Declaro que tenho 29 anos eo USUAL NN Moralista SN intolerante, SEDICIANNI ouvir quando eu ELETRÔNICA E TECHNO, I Go Again AGORA A MAIS FESTIVAL "E NOITE EU SOU O QUE EU POSSO OU AIR Macino KM Mas toda vez MIL LOAD SN PARA A NOITE EM SE Não há necessidade de MD cocaína ou outra merda .... E vamos enfrentá-lo, que não deve descompactar NN para segurar ....
    Eu tenho uma pergunta, só fui a um sábado PARTY SN 1 e surgiu Já havia "das crianças negras no Objetivo Terreno Situada no final da noite As mesmas pessoas estiveram Na mesma posição, só que com mais 'TO BURR BOCA ... Então, que porra ir jantar e então quem tenha jogado ou MANCO SABE ONDE VOCÊ FOI?

    Pessoal, O SEU ÚNICO E VIDA Descompactando o "VIVER O mesmo não, destruí-lo ....

    TENTE 6 QDO TERMINA à noite para voltar para HOME ou hotel ou barraca com uma cona e foder UP impotente para adormecer ....... LÁ QUE TOMAR AS DROGAS ....

    LEMA DO UNPACK apenas um dos NOS E 'o importante e' ..... MAS ..... A SBORRAREEEEEEEE IMPORTANTE E '

    SO que todas as meninas vão ler muito para MI MORTE, MAS EU ACHO QUE PARCELA QUE FODA UNPACK é melhor!

    Esqueci-me .... FODA O CALI QDO VENDA NN com os perdedores BOMBA Manco ..........

  • lopez_laser escreve:

    Neste artigo, existem imprecisões, a ocorrência de alucinações é muito raro que ocorre apenas em doses elevadas, não MDMA neurónio é queimado numa base temporária, em vez que reduz a função de libertação de dopamina na função corpo que pode recuperar com 1/2 meses de suspensão da substância, mesmo após ingestão de uma dose elevada. Nenhuma pesquisa jamais mostrou a correlação entre mdma e danos permanentes detectado. Só tome cuidado, vá devagar, não tomá-lo com muita freqüência e nem sempre em altas doses.

  • Sr. Harpo escreve:

    pense nisso como você deseja entre todos. Você não consegue entender o que acontece com você o que é o md até que tenha tentado .. Irmão ke escreve lá em cima .. Claro que é bom ter sexo, mas certamente é ke eu vou com os amigos ea garota, um bom grupo eo apoio que damos um ao outro. Nunca houve um problema, mas verificar cada c x ver se está tudo bem! Ter relações sexuais em md? Você sabe que está certo ... por que não? Porque eu posso t parar .. você não pode pensar de dança deitar-se e ter relações sexuais .. você fazer no dia seguinte. tanto ela quanto eu k são da mesma opinião .. Se queremos ter em casa sexo nestiamo .. é apenas k ... Eu uso ele para qst verão 4 5 vezes e estamos em casa agora. pessoas certas e as formas adequadas para levá-lo .. x qst link do blog qst foi muito interessante .. e ele está bastante certo: ele pára de t 6 x 8 horas neanke um minuto (claro que se t ouvir bater, nunca aconteceu, t sentar 5 minutos et retomar), a mandíbula é apertado, a temperatura corporal sais ke camiseta você colocar em Dezembro, músculos estão sozinhos e têm um sorriso contagiosoooo 80-dente. :) o conceito de idealizada xl md partido é chamado de "bem aceite", onde as pessoas aceitam envolvidos por esta felicidade avassaladora. Meus amigos não apontar o dedo, eu tentei com as pessoas já estavam usando k e sem nunca ter lido blog de qst, eu tenho dito para fazer todos os passos ke diz o médico, sempre em água natural, pequenas doses. Obviamente k não deve ser exagerada, mas mesmo se t comer um pote de Nutella no dia t é muito ruim e 6 não acredito que um viciado em drogas? Seja qual for o abuso dói! é uma coisa a fazer, às vezes, para ir e partiu um pouco. Além disso QST "drogas" não foi criado música x, mas sim o contrário, a música criada no cérebro para fazer md svarionare. Voltando ao sexo, repito, não faça isso, mas você vive em uma paixão especial e desejo de ser saudável, mesmo se você não ter x anos do sexo que você vivê-la. Eu apenas disse que como ele é que todos somos livres para fazer o seu corpo quer ke; espécies em 25 anos! VOCÊ QUER VIVER A VIDA EM COMPLETO SEM NADA Evite dar o melhor de sempre em qualquer situação. VIDA W! W Os FÉRIAS! WI TER BOM! NÓS AMAMOS DNB!

  • O doutor escreveu:

    Quest'articolo non è informativo ma DISINFORMATIVO. E' un accozzaglia di sentito dire e imprecisioni. Anche (o forse soprattutto) i commenti di chi ne fa uso sono semplicemente ridicoli… almeno chi è sfavorevole all'uso di tali droghe anche se ignorante in materia (o forse proprio perchè ignorante) è giusto che lo sia (a sfavore) ci mancherebbe, ha ragione, ma almeno si tenesse alla larga dallo sparare cazzate per sentito dire, o almeno si informasse.

    Per quanto riguarda l'articolo… sul fatto delle problematiche a livello cardiaco ovvio, chi ne è affetto deve starne alla larga così come deve stare alla larga da tutte le sostanze altamente attivanti, e ovvio che l'MDMA crea uno stress ed una risposta fisiologica elevatissima.

    Il rischio di morire per una dose di MDMA in chi non è affetto da particolari patologie risulta (seppur dalle mie conoscenze remoto) reale, ed è questo il caso di alcune morti riportate anche in Italia che nell'articolo viene descritto come lo scoppiare di una vena in testa (in realtà quello che accade è molto molto peggio) . Si tratta certo di una predisposizione, tuttavia non si può sapere (non essendo l'MDMA sostanza di uso quotidiano per la maggior parte delle persone :) ) quale percentuale di popolazione ne può essere portatrice, e anche se l'MDMA sembra essere tollerata da un organismo sano, è comunque un rischio di cui si deve tener conto, poichè non è legato ad alcuna patologia particolre, la si può considerare alla stregua di un'allergia: puoi essere il più sano del mondo ma magari sei allergico la prendi e muori. PONTO.

    Per quanto riguarda danni dall'uso acuto ea lungo termine. Tralasciando le questioni sovramenzionate c'è molta disinformazione sul web soprattutto riguardo i danni provocati dall'uso di MDMA.
    L'MDMA è una sostanza che attiva massicciamente la risposte allo stress del quale il nostro corpo è provvisto. E questo viene sempre esagerato e stigmatizzato da chi è contro l'uso di droghe e sottostimato da chi ne fa uso.

    Per dire, l'MDMA è il trattamento più efficace esistente (ed in America ne è stato permesso l'uso con le dovute precauzioni e restrizioni) per il Disturbo Post-Traumatico da Stress resistente ai trattamenti convenzionali… proprio per la sua capacità di generare una risposta stressogena nell'organismo (chi non ha basi nel campo troverà strano questo passo… dico brevemente che i sistemi di risposta allo stress se esistono servono appunto a qualcosa nonostante abbiano degli effetti negativi, non vuol dire che hanno solo effetti negativi, ANZI).

    Non approfondisco la questione dei farmaci antidepressivi riportata da qualcuno (decisamente ignorante in materia) ma la riprendo solo per spiegare un paio di concetti, dico solo che in quel caso non si parla di tossicità, anzi tutti i farmaci antidepressivi AUMENTANO i neuroni (la neurogenesi esiste ed è conosciuta da vario tempo) e gli assoni, è vero tuttavia che creano scompensi e questo soprattutto in virtù del fatto che la loro efficacia come antidepressivi è slegata dal meccanismo di azione che si credeva in passato coinvolto in tale efficacia (in parole povere ti aggiustano una cosa e te ne rovinano un'altra)… tutto questo perchè la teoria creata per spiegare la genesi di alcune patologie ansioso/depressive è semplicemente sbagliata, priva di senso e di validità scientifica (nonchè di basi teoriche) e solo ora la classe medica ne sta venendo a conoscenza (per vari motivi… ottusità accademica, interessi economici ecc).

    A tale proposito voglio dire che la riduzione di serotonina (in generale non nel caso specifico dell'MDMA), non è malvagia come si vuol far credere e COME SPESSO VIENE RIPORTATO SUL WEB, anzi spesso la vulnerabilità allo stress e ai disturbi dell'umorederiva proprio da alcune caratteriche genetiche che portano ad un eccesso di serotonina. Basta cercare su internet e troverete che TUTTI gli studi associano alti livelli di serotonina ad un alto tasso di depressione e nevroticismo. (strano ma vero la teoria della depressione diceva che bassi livelli di serotonina=disturbi… ma ciò è falso).

    La riorganizzazione strutturale e la perdita di assoni serotoninergici a cui faceva riferimento il collega è vera. Non è stata studiata nell'uomo ma solo sugli animali e non è detto che le dosi utilizzate negli studi siano paragonabili negli effetti a quelli dell'uomo (a dire la verità nell'uomo la tossicità alle sostanze avviene a dosi minori… ergo è più vulnerabile) tuttavia il discorso è poco chiaro in quanto in alcuni studi gli effetti riportati sembrano eccessivi rispetto a quelli realmente presenti nell'uomo e si usano dosi forse non paragonabili.

    Fatto sta che una sia una singola dose di MDMA che un uso a lungo termine non (tralasciando i casi descritti all'inizio) hanno ridottissimi effetti sulla sfera cognitiva. Per quanto riguarda una persona che assume unsa singola dose di MDMA (ovvio che quando parlo di “dose” e “tossicità mi riferisco sempre ad una dose media, non a dosi elevate) posso dire con certezza che a livello cognitivo gli effetti negativi sono solo a breve termine e reversibili. Per quanto riguarda l'uso prolungato non voglio dire che il discorso è concluso, in quanto una certa dose di neurotossicità è sempre presente nell'uso di MDMA ed è dose dipendente, tuttavia i pochi effetti negativi sulla cognizione sembrano derivare più dallo stile di vita generale dei consumatori abituali e da condizioni pre-esistenti, che da un reale effetto negativo dell'MDMA. Qui trovate un'ottimo studio sull'argomento http://www.addictionjournal.org/viewpressrelease.asp?pr=147

    I danni (sia mentali che fisici) derivanti dall'uso di MDMA derivano anche (come accennato dal collega) dall'aumento dello stress ossidativo (che può essere notevolvemente ma non del tutto ridotto con degli accorgimenti) e anche dall'aumento del cortisolo (che può anche spiegare il cambiamento di conformazione neuronale così come spiega il cambiamento di una determinata classe recettoriale)… ma non si tratta di danni enormi come si vuole far credere e in parte sono sicuramente reversibili con il tempo ed ancora in parte sono reversibili mediamente l'uso di determinati farmaci.

    per dire (e concludo) se avete usato (e non siete morti :) ) 1, o 2 o per dire 3 volte l'MDMA (più breve è il periodo che intercorre tra le varie assunzioni e più gravi sono gli effetti dello stress ossidativo e gli altri danni) tranquilli… non vi succede niente non vi muoiono milioni di neuroni (anche se qualcusa nell'assetto neuronale cambia ma come ho detto con il tempo è in parte reversibile e ci sono anche rimedi farmacologici… inoltre vi assicuro che di questi effetti non ve ne accorgerete perchè non sono altamente rilevanti… e tranquilli che se vi confrontate con persone che non ne hanno mai fatto uso non saranno più intelligenti o avranno capacità cognitive superiori. ergo: non vi cambia nulla, siete esattamente come prima). PERO' STOP. a lungo andare ne risentirete.

    E per rispondere a chi dice che non si perde nessuna festa ma non fa uso di droghe… spesso lo stile di vita al di là della droga ha molti più effetti di un uso limitato o singolo di droghe (anche pesanti come l'MDMA)… magari a qualcuno ha fatto pure bene usarla solo una volta nella vita :) .

    Comunque, la mia opinione personale (alla luce di tutte le informazioni a mia disposizione) se ne può fare a meno e sarebbe meglio.

    PS: dimenticavo…piccolo appunto. Ho parlato di MDMA, e mi rifrisco ad MDMA pura. In realtà nelle pasticche di Ecstasy si trova anche altra roba (e le più pericolosa è l'anfetamina)… ed anche i cristalli che spesso chiamate “MD” non è detto che si tratti di MDMA e in questi casi i discorsi fatti non valgono, nel senso che gli effetti sono molto più gravi ed immediati, ea differenza dell'MDMA alcuni di essi non si risolvono nel tempo. Inoltre hanno effetti negativi sul comportamento e sull'umore che l'MDMA non presenta.

  • fragile scrive:

    ciao io ho 16 anni e non da poco sono entrata nel mondo della droga(non intendo dire che mi drogo regolarmente anzi,mi riferisco a ciò che mi circonda), fumo canne dalla 2a media e quest'anno ho provato il trip e l'MDMA.
    Tengo a precisare che sto benissimo fisicamente e mentalmente e ritengo siano esperienze che a loro modo fanno crescere e capire le varie facce della vita.
    proprio il 31 gennaio al palanord di bologna cè stata una serata pazzesca, 15 ore di tekno e li si è potuto veramente capire la bellezza e lo schifo della droga, quella sera ero sotto MD e non ho avuto un solo istante di rimpianto ma mi sono obbligata a non guardare verso le pareti dove stavano collassati e inrobbositi tutti quelli che ne avevano esagerato, era triste e penoso.
    Per usare queste droghe ci vuole un minimo di maturità , informazione e amor proprio perchè personalmente voglio vivere e vivere bene ed è proprio quando queste tre caratteristiche vengono a mancare che poi si finisce in tragedia.
    Probabilmente non sarò riuscita a spiegarmi ma ci ho provato.
    la vita è una e certe sensazioni non le proverai mai in altro modo.

  • Mr Harpo scrive:

    fragile parlo proprio a te… :) nn sapevo della festa a bologna ma sapevo del teknival a torino e sono andato li… esagerato come sicuramente sarà stata la festa a bologna… t ho capito benissimo… capisco il tuo messaggio e hai perfettamente ragione.. io ho 10 anni piu di te :) forse mi sn fatto un po piu d canne d te ma ho iniziato 2011 con trip una volta e MDMA.. Be i dottori possono usare i loro paroloni nn facendoti capire un cazzo (come al solito), ma anche io ovviamente amo la vita come tutti e se devo FARE SERATA, la preparo RESPONSABILMENTE.. voi direte che nn ci si droga con responsabilità e li vi sbagliate… se leggete della festa capodanno 2011 torino vedrete ke c sn stati coma etilici gente sbattuta… ecco x me quella festa è stata shockante, nel senso ke, avendo frequentato poco qst ambienti, ho visto gente di tutti i tipi esagerati, proprio esagerare da dire fai schifo… be io mi sn preso mezzo grammo di MDMA, la mia ragazza anke ec siamo divertiti con la GENTE PRESA BENE, se poi t fai d speed ketamina md e fiumi d alcol 6 solo un coglione.. è come dire ho mal d testa predno l aulin tachipirina novalgina e in qlk modo passerà.. si usa la testa sempre anke qnd ci si sballa!!! ciao a tutti da un ragazzo sano e responsabile :)

  • Saimon scrive:

    Salve, volevo un' informazione, ho fatto uso di mdma in cristalli diverse volte. Quattro mesi fà non a causa di mdma ma dopo che mi ero fumato uno spinello ho avuto una fibrillazione atriale parossistica e sono dovuto correre al pronto soccorso dove il cardiologo disse che mi ha salvato giusto in tempo perchè i battiti cardiaci erano arrivati a 180 al min. in seguito feci tutti i controlli analisi ed ecocardiogramma e non è risultato niente, sono sano come un pesce. però volevo sapere se corro qualche rischio (non ditemi che è sempre rischioso, questo lo sò) dopo che mi è successo questo episodio di fibrillazione atriale parossistica, sono un ragazzo di 19 anni che ha ancora tanta voglia di farsi le feste e divertirsi come vuole con i propri amici. Se potete darmi delle informazioni vi ringrazio anticipatamente.

  • UMBERTO scrive:

    Anche io ho fatto uso di MD, una volta per la precisione. 1 gr da solo, forse troppo.
    è capitato per caso, eravamo in 4, alla mia amica è salita dopo pochissimo ed ha iniziato a smascellare abbondantemente. Sono un ragazzo paranoico, quando l'ho vista, e ho visto gli sguardi delle persone vicino a lei in discoteca mi è salita un po' d'ansia e sono voluto andare via da li prima che mi salisse.
    Sono finito in un bagno con un altro dei miei amici, il bagno più bello che io abbia mai visto.
    Tutto diventa bello e nel mio caso è successo di colpo, stavo cercando di vomitare per evitare che mi salisse, mi sono girato un attimo, ho chiuso gli occhi e.. BAM eccola, indescrivibile.
    Ci provo, strana sensazione agli occhi: li senti ”liscissimi”, ti si dilatano tantissimo le pupille e li tieni sbarrati senza accorgertene, tutti i colori si accendono, colori mai visti prima. (Dopo un sopraluogo del bagno post ”trona” ho scoperto che il muro che vedevo di un color salmone straordinario era in realtà pieno di piastrelle bianche.) lo spazio diventa più grande, tutto ti mette in condizioni di essere totalmente a tuo agio. L'acne sul viso della mia amica è sparita, pelle liscissima. (PS avevo anche guardato un video sul mio cellulare, Definizione altissima! )
    Strana sensazione al tatto: Tutto cio' che tocchi ti sembra magnifico. es: toccando le mani alla mia amica le sentivo affusolate, magre, bellissime.
    Strana sensazione uditiva: se provi a cantare ti sembrerà di sentire il più bravo dei cantanti.
    Insomma, ecco perchè si chiama EXTASY(MD) , una sensazione che comprendi solo provando.
    Ho anche baciato la mia amica, il bacio più bello, stavo per avere un orgasmo.

    Tutto ciò non vuole assolutamente invitare qualcuno a farne uso, anche perchè manca il ”post”.
    Eccoci, effetto svanito, usciamo dal bagno, ci mettiamo a riposare su delle sedie, smandiboliamo ancora, scena pietosa.. Mordiamo fazzoletti arrotolati cercando di riprendere un po' l'uso della mascella.
    Andiamo verso casa, pupille ancora dilatate, sensazione di pentimento/schifo per quello che avevo fatto (4 persone in un cesso sballati come dei tossici, classica situazione che mi farebbe paura.), mi metto nel letto, il giorno dopo mi muovo solo tra bagno e letto, non mangio perchè non ho fame, mi sento depresso, non riesco a smettere di pensare alle nostre faccie, a quanto cambiano sotto l'effetto di md, a come smascellavamo (avevo fatto qualche foto e video, ovviamente li ho cancellati per lo schifo e la ”paura”.), alla situazione, al marciume in cui pensavo di esser caduto.
    L'angoscia insieme alla paura, l'ansia, la depressione hanno regnato su di me per due giorni interi, non riuscivo ad andare dalla camera al bagno senza accendere tutte le luci, mi sentivo uno schifo, mi guardavo allo specchio e mi facevo domande, quest'ultimo non è un segno di pazzia ma una cosa che faccio sempre, sto davanti allo specchio e parlo.
    Mi chiedevo cosa sarei diventato, se non ne fossi uscito e altro. Fortunatamente dopo due giorni, il terzo ho ripreso la mia routine, scuola, compagni, risate.. Sono tornato alla vita reale anche se ogni volta che si toccava l argomento mi saliva ansia nel raccontare o nel parlarne.

    Non so se sono stato abbastanza chiaro, avrei voluto scrivere e descrivere meglio ma ho poco tempo, non posso neppure controllare se il tutto ha un senso compiuto.
    Questa è la mia esperienza, ora a distanza di qualche mese penso che sia stata un esperienza unica, utile.
    Se dovessi farne di nuovo uso credo che lo faro' in una casa con degli amici, l'idea di farmi vedere così non mi piace, e starei in ansia finchè non sale, perchè quando sale sparisce tutto, le tue paure, le tue inibizioni, tutto.
    Magari la riprendero quest'estate una volta e poi basta per un altro po' di mesi, ma voglio riprovare ed organizzarmi, sapendo a cosa vado in contro voglio programmare tutto quello da fare, da toccare, da vedere.

    Se qualcuno la volesse provare la puo' comprare da me al numero 342.. (ahahah scherzo, non sono uno spaccino, ne un tossicone, semplicemente ho fatto un esperienza.)
    Adesso invece seriamente invito tutti quelli che per esperienza vogliono provarla a tenersi bassi con le dosi, e di leggere se le trovano altre esperienze in internet contenenti anche i post dei giorni dopo, in quei giorni avevo giurato a me stesso che non lo avrei mai piu' rifatto, si sta davvero tanto male. Questo è importante,

    Ora vi saluto che senno mi vengono in mente altre 100 cose da dire sulla bellezza dell'effetto e sulla drammaticità dei giorni a seguire. : D

  • Tommi scrive:

    Mi fatte tutti ridere, tutte le droghe fanno male e vi ricordo che l mdma è considerata tra l altro una droga pesante.. Cmq voglio dire 2 cose: 1) chi si cala droghe in generale e dopo dice di essere più sano di chi beve alcol spara cazzate, se guardiamo gli effetti Dell alcol (che comunque fa male) brucia neuroni (relativamente pochi) e gli effetti di una serata spariscono dopo massimo 2 giorni, mentre per recuperare da una pasticca ci vogliono 2 mesi in media.. E poi anche se l md non brucia neuroni crea danni permanenti al cervello 2) avendo letto tutti gli articoli del blog voglio sottolineare che invoglia quasi a drogarsi.. Quindi state attenti

Deixe um comentário »

(Não será publicado)

XHTML: Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> Citado <code> <de datetime = ""> <em> <i> <Q cite=""> <strike> <strong>